sábado, 22 de janeiro de 2011

Olhar + A CIDADE




Estou de volta na cidade.  Tudo está acontecendo, até a minha ausência.
O começo. Janeiro 2011. Meu futebol ficou pra fevereiro.
A cidade está no mês chuva , quero Dna. Abençoada e suas frutas.
Dias perfeito para um salvamento ou lubrificação das habilidades mentais
de uma cidade grande.
O ideal e o que sobrou para fazer.  A busina se afogando em lamentos.
Um bar de salvação,  presente valioso da minha subita esperança.
A cidade molha os grafites agonizante e me quer.
Cidade vento, cidade água
Cidade lama, Cidade luz fria.
Droga que me cabe e me reconduz.
A cidade gente. Cidade Luxo. A cidade aspera.
Uma dose que me vicia.
A cidade viva e morta em seus dias.

Um comentário:

  1. no meio de tantos bons achados reluz: a cidade aspera - golaço!

    ResponderExcluir